segunda-feira, 26 de junho de 2017

AK by AK


Sou o que os teus olhos não veem...
Sou lua e sol...
Sou céu e mar...
Sou terra, sou água, sou fogo, sou ar...
Sou bruxa e princesa...

Sou o que os teus olhos não veem...
Sol fria e quente...
Sou pedra e nuvem...
Sou grande, sou pequena, sou finita, sou infinita...
Sou feia e bonita...

Sou o que os teus olhos não veem...
Sou preto e branco...
Sou prata e ouro...
Sou lago, sou floresta, sou deserto, sou tempestade...
Sou vilã e mocinha...

Sou o que os teus olhos não veem...
Sou tangível e intangivel...
Sou carvão e diamante...
Sou alegria, sou dor, sou riso, sou pranto...
Sou doce e amarga...

Sou o que os teus olhos não veem...
Sou forte e frágil...
Sou tudo e nada...
Sou emoção, sou sentimento, sou pulsar, sou coração no peito a bater...
Sou feliz e triste...

Sou o que os teus olhos não veem...
Sou mãe e filha...
Sou alma e espírito...
Sou norte, sou sul, sou leste, sou oeste...
Sou partida e chegada...

Sou o que os teus olhos não veem...
Sou nostálgica e ansiosa...
Sou sábia e leiga...
Sou estrela, sou areia, sou brisa, sou vulcão...
Sou noite e dia...

Sou o que os teus olhos não veem...
Sou passado e futuro...
Sou certa e errada...
Sou rosa, sou espinho, sou ser, sou sangue nas veias a correr...
Sou A e K...

Anna Mattos.

2 comentários: