terça-feira, 26 de janeiro de 2016

A Alvorada e os seus Encantos...




Amanheceu aqui onde estou... despertei de um pesadelo... depois de uma noite atípica... pois tive insônia...
No começo do dia... ainda escuro... senti medo... resolvi não mais voltar a dormir...
Mas, de repente, a janela do meu quarto transformou-se em uma das mais belas pinturas que já havia contemplado... humanamente seria impossível a reprodução em uma simples tela...
Estava ouvindo uma canção que dizia para DEUS: "Encontra-me"... Engraçado...
Me senti encontrada... mais que isso... me senti amada... palavras não conseguem expressar o deslumbramento da minha visão e nem a sensação de que não estou sozinha nunca...
Existe um DEUS amoroso e cuidadoso, que sabe, exatamente, às minhas coordenadas mesmo quando estou perdida dentro e fora de mim mesma...
Meu coração bateu mais forte ao avistar em meio às nuvens coloridas do alvorecer um "coração perfeito" feito "ao acaso"... Será mesmo que foi sem querer tamanha perfeição?!
Eu só posso dizer: "Meu DEUS encontrou-me, e me disse que me ama muito em meio às nuvens coloridas"... Não duvido nem por um segundo sequer...
Não... o meu dia não começou com um pesadelo... com a escuridão... eles se foram junto com as negras nuvens da noite e os seus fantasmas... o meu dia começou com um céu cor de rosa...
Em meio ao azul do céu e ao verde do mar, e de todos os tons e cores, que refletiram em minha retina, despertei...
Eu estou muito viva... a vida é muito bela... só depende do "ângulo da minha janela"...
A alvorada e os seus encantos...

Anna Mattos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário