quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Poema: Seguindo em frente.




No mundo tenho aflições...
Se olhar para trás há sofrimento...
Se olhar para frente há medo...
Se olhar no espelho vejo dores e lágrimas...
Se olhar para dentro de mim vejo solidão e angústia...
A melancolia tem sido minha companheira...
A falta de esperança me atormenta, fujo dela...
Nem alegria, nem felicidade, nem gozo, nem riso... só tristeza...
Uma ferida que sangra sem parar...
Um vazio que anseia pelo último dos sonos...
Os sonhos tornaram-se pesadelos...
A vida perdeu todo o sentido ao longo do caminho...
Sem a minha fé no SAGRADO, em DEUS, não estaria mais aqui...
Sobrevivo a espera de um milagre, sempre, seguindo em frente.

Anna Mattos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário