domingo, 16 de agosto de 2015

Impeachment: as faces da mesma moeda.




Ao amanhecer desse dia, 16 de agosto de 2015, presenciando um dos mais belos espetáculos da natureza, que é a ALVORADA, eu, Anna Mattos, brasileira, mulher, mãe, teóloga, professora, blogueira, aspirante de escritora, só tenho uma única coisa a declarar: ESSE PAÍS NUNCA MAIS ME VERÁ COLOCAR UM NARIZ DE PALHAÇO E IR PARA A RUA FAZER PAPEL DE IDIOTA.
Trocar PT por PMDB?! A titular pelo vice?! A Sra. Dilma pelo Sr. Temer?! Mas não são aliados?! Não fizeram tudo juntos?! Não existe um elo entre eles?! Uma ligação?! Uma co-ligação?! Um vínculo indelével?! Uma amizade declarada?!
Nunca estudei tanto POLÍTICA como nos últimos tempos... Teoria nos livros. Prática na mídia. Um bombardeio de informações que, ou fazem você ACORDAR, ou então dormir "... eternamente em berço esplêndido, ao som do mar e à luz do céu profundo...".
Depois de muito pesquisar e analisar a situação (não gosto de ficar pagando mico de intelectual sem conhecimento de causa) entendi que a solução não virá através de um impeachment, ou impedimento, como queiram. O que se faz necessário, também não virá. Seria uma INTERVENÇÃO MILITAR. Por que não virá?! Porque temos um circo armado e o palhaço que não subir no picadeiro, descerá à cova.
Olha, não quero levar ninguém comigo para lugar algum. Muito menos para uma cova. Depressivos, como eu, sonham em morrer. Somos sensíveis além da medida... além da conta. Sofremos as dores do mundo... as dores do outro também. Na nossa cartilha não existem as palavras: EGOÍSMO nem EGOCENTRISMO. Se você é feliz e ama a vida, então coloque seu nariz de palhaço e suba no picadeiro. Vá para a rua e grite pelo IMPEACHMENT.
Eu?! Eu vou dormir, desejando sonhar que vocês estejam certos e eu, completamente, errada.

Anna Mattos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário